Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

longboard



Sábado, 04.06.05

"PLANISFÉRIO PESSOAL" de Gonçalo Cadilhe

Gonçalo Cadilhe - Gestor, Surfista, Escritor ou das três duas,

 pois ele "precisou de uma Licenciatura em Gestão de Empresas e de sete meses a picar o ponto para compreender que não tinha percebido nada da vida: Tudo o que lhe interessava se encontrava na direcção oposta.Despediu-se do emprego, da família e do país e começou a viajar e a escrever."

Penso que Surfista Escritor será o mais adequado. 
 

gc.jpg

 
Neste livro são recolhidas crónicas semanais que Gonçalo Cadilhe foi escrevendo e publicando no jornal 'Expresso' e na SurfPortugal ao longo de dezanove meses, enquanto viajava à volta do mundo, sem recorrer a transporte aéreo.
No entanto, o resultado final não é uma simples colecção de experiências de viagem.
Para lá de todas as peripécias do itinerário ou do contacto com sociedades exóticas, o viajante aborda questões tão diversificadas como a distorção das práticas de cooperação internacional, a indiferença cívica e activista dos portugueses ou a dívida histórica do capitalismo em relação à América Latina.
"Planisfério Pessoal" é ao mesmo tempo profundo mas divertido, informado mas despretensioso, crítico mas optimista, confessional mas reservado. E, fundamentalmente, um convite à viagem, à partilha da viagem e, de um modo geral, a desfrutar da vida de uma forma intensa e deslumbrada. O texto base que faz este volume de literatura de viagens já foi publicado durante muitas e muitas semanas nas páginas da revista do semanário Expresso.
Não é por isso total novidade mas uma garantia se pode dar, lê-se como se fosse a sua primeira vez. É  que  o autor  recuperou   todos   os   textos,   aparou,   melhorou,   cortou   e   acrescentou  - ou seja, editou-os - mas agora sem estar à distância de milhares de quilómetros e não submetido à ditadura do condicionamento de espaço como decorre do grafismo do jornal.
Gonçalo Cadilhe efectuou ainda uma selecção de fotos das regiões e factos que mereciam ter imagem numa separata a cores, incluída no meio das páginas, e destacou pequenas histórias para complementar as restantes.
O título que escolheu para este livro é especialmente feliz. Além de conter a beleza de duas palavras muito caras aos viajantes, chamá-lo Planisfério Pessoal é, ao mesmo, tempo uma metáfora e a realidade do que viveu naqueles dias pelo mundo fora.
Ao regressar a Portugal, ele tinha o seu próprio desenho de mapa mundo - que nesta edição aparece impresso numa página dupla branca, com o contorno dos continentes a negro e a rota feita - como se fosse uma réplica de uma carta quinhentista, mostrando aquilo que foi (por ele) conhecido.
A viagem ao redor do planeta que se conta neste Planisfério é, também, feita de muitos perguntas e sentimentos.
Na página 54, por exemplo, Gonçalo Cadilhe questiona-se sobre "viajar para quê?"
As respostas, que vinham a ser dadas desde a primeira página, acompanham o correr da escrita com exemplos da natureza com que ele se confronta, ou o cruzar com outros viajantes, em locais inesperados e inóspitos.
Na página 45, a questão toca a dificuldade de racionalizar a ânsia de se estar a desaproveitar muito do que é oferecido.
Enfim e para resumir num parágrafo a matéria de 300 páginas, digamos que o autor dá-nos a opinião e as visões que nos esclarecem o estado da Terra e dos seus habitantes, humanos, animais e naturais. E deixa-nos de água na boca!
 
 
Boas Ondas

Autoria e outros dados (tags, etc)

por longboard às 19:02


4 comentários

De rosa a 12.07.2005 às 16:46

Hello e obrigadito pela visitinha surfista.
Boas ondas :)

De b a 12.07.2005 às 11:58

O Sr. Gonçalo Cadilhe, um verdadeiro Soul Surfer!

De Raiz a 29.06.2005 às 16:08

Oi amiguinho... como já podes ver regressei à blogada! Já arrumei a casa e a cabeça e conto com as tuas visitas para animar as coisas!!! Eu vou passar por aqui à procura de novidades!Beijocas Grandes

De custoias a 25.06.2005 às 23:21

k grande noticia... finalmente o gonçalo cadilhe edita um livro. há muito que esperava isto, desde o primeiro texto que lhe li na surfportugal. em termos de escrita de e sobre surf é um idolo para mim, é por causa dele que escrevo tb sobre e para o surf neste espaço a que damos o nome de blogosfera. onde posso encontrar esse livro, qual é a editora?! 1 abraço, fica bem

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2005

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930